MOSAICOS DE UMA VIDA

Juntando cada peça forma-se o mosaico de minha vida. Tantos sentimentos me envolvem. Sentimentos ruins, outros bons. Saudade de quem se foi para eternidade. Saudade de quem posso ligar para ouvir a voz. Tristeza pelas metas não cumpridas e alegria pelos objetivos alcançados. Gemidos de dor, outros de prazer.

6 de ago de 2017

Lixo vira arte nas mãos de quem talento

Mosaico em CD
Há alguns anos - em outro texto - falei sobre resíduos eletroeletrônicos, os quais poluem o meio ambiente devido seus componentes altamente tóxicos. No texto me referi aos CDs que usei como base para mosaicos, evitando jogá-los no lixo.

MosaicoTerapia
Hoje mais uma vez volto a falar sobre “lixo”. A peça dessa vez é uma xícara quebrada. A quebrei de propósito, mas sei que nas mãos de outras pessoas seu destino, após quebrada, seria o lixo. Quebrei e misturei com pastilhas de vidro em mais uma peça de mosaico.

No mosaico da vida também é assim. O que o que é lixo para um, pode ser luxo para outros. Por isso termino esse texto com a frase que caiu no domínio público:

"Jamais trate alguém como lixo, porque lixo vira arte nas mãos de quem talento"

30 de jul de 2017

Um poema chamado MosaicoTerapia

Hoje eu queria fazer MosaicoTerapia, mas ainda não posso por restrição médica. Então vim escrever sobre o mosaico, palavra de origem grega que significa ‘Obra paciente, digna das musas’; expressão artística que tanto me encanta.

São tesselas, pedrinhas, caquinhos, partes que formam um todo. É um conjunto de fragmentos formando imagens. Parece um quebra cabeça, tem peça que não se acomoda, mas é preciso encontrar o encaixe ideal.

Na vida também é assim. As vezes parece um quebra cabeça, mas não podemos acomodar o que incomoda. Isso porque nosso mosaico de sentimentos não permanece estático.

Se MosaicoTerapia fosse uma obra literária, eu chamaria de poesia. E teria começado o texto com uma música de Alceu...

"Hoje eu queria fazer um poema com pena dos versos de chumbo que faço. 
E faria um poema voando tão leve. Um poema de éter, poema de pássaro"